CATEGORIA PROJETOS

logo ordenamento rota escunas


Rota das Escunas de Passeios na Baia de Paraty.

Ordenamento Turístico das Praias

Autoria: Roberto M.F. Mourão, ALBATROZ Planejamento
 

Introdução

As Rotas de Passeios de Escunas na Baia de Paraty em geral têm 4 paradas: 2 praias e 2 ilhas, cada uma com duração entre 30 a 40 minutos.

Os turistas podem relaxar, nadar, fazer snorkeling ou descansar na praia. Almoço e lanches (opcionais) são oferecidos pelas embarcações, que também contam com bote de apoio, espaguete de flutuação, ducha de água doce a bordo; banheiro e mascaras e snorkel (cortesias ou aluguel opcional). Alternativa de alimentação são as dos fornecedores nas praias ou ilhas da rota. 

As Rotas das Escunas se concentram principalmente nas mesmas praias por razões que associam fundo de areia, balneabilidade e distância do Cais Turístico de Paraty.

Essas rotas, associadas ao fato de que os passeios saem do cais praticamente no mesmo horário, em geral entre 10:00h e 11:00h, em passeios que duram até 5 horas, retornando a Paraty por volta das 16 ou 17:00h.

A concentração de escunas nas mesmas rotas, ao mesmo tempo, tem causado impactos biofísicos e sociais, comprometendo o meio ambiente, a fauna, a flora e a qualidade da visitação/satisfação do turista.

As Praias e Ilhas visitadas, com variação da sequência de paradas pelas diversas escunas, são:

Rota 1
Ilha do Algodão

Ilha da Cotia
Saco da Velha
Praia da Conceição
Lagoa Azul

Rota 2
Ilha do Algodão
Saco da Velha
Ilha da Cotia
Praia da Conceição

Rota 3
Ilha Comprida
Lagoa Azul
Praia da Lula
Praia Vermelha
Saco da Velha
Rota 4
Praia da Lula
Lagoa Azul
Ilha Comprida
Praia Vermelha


APAmarinha rota escunas paradas

 

 

Rota das Escunas de Passeios na Baia de Paraty

Ordenamento

  

assuntos relacionados icon

Assuntos / Conceitos Relacionados

Proposta de Ordenamento Turístico da Região Trindade-Juatinga  


Capacidade de Carga Turística (CCT)

 


 rm copyright

 

 

CCT Trindade Juatinga vilas comunidades 
Proposta de Ordenamento Turístico da Região Trindade-Juatinga
Vilas de Trindade e Oratório - Cond. Laranjeiras - Praias do Sono e Ponta Negra

 

Capacidade de Carga Turística das Praias da Vila de Trindade, Paraty

Esse trabalho trata-se de uma proposta de Ordenamento Turístico, conforme critérios tecnicos preliminares baseados em trabalho realzado em 2017.

Para sua validação os critérios adotados, baseiados em decisão do grupo de trabalho, têm de ser submetido e aceito por grupo de trabalho formado por gestores ambientais e administrativos, grupos de interesse e atores locais (caiçaras, pescadores, moradores, empresários e fornecedores de serviços do setor turístico).

CCT TJ mapa praias trindade mini

CCT TJ CCT praias trindade tabela

CCT TJ CCT praia brava

CCT TJ CCT praia do cepilho

CCT TJ CCT praia de fora

CCT TJ CCT praia dos ranchos

CCT TJ CCT praia meio

CCT TJ CCT praia caxadaco

 

   

Proposta de Ordenamento Turístico da Região Trindade-Juatinga  

Observação
As praias da Juatinga - Condomínio Laranjeiras, Sono, Antigos, Antiguinhos e Ponta Negra ainda não tem seus Números Balizadores da Visitação (NBVs) definidos. 


Conceitos Relacionados

Capacidade de Carga Turística (CCT)

camping barraca kombiCampings

 

 

 

CCT Trindade Juatinga vilas comunidades 
Proposta de Ordenamento Turístico da Região Trindade-Juatinga
Vilas de Trindade e Oratório - Cond. Laranjeiras - Praias do Sono e Ponta Negra

 

Vila de Trindade, Paraty

A Vila de Trindade, localizada 24 km de Paraty, é um distrito do município de Paraty, no estado do Rio de Janeiro. Originou-se basicamente por uma vila de pescadores, sendo hoje um importante polo turístico.

O acesso é pela Rio-Santos, na altura do Km 6, sentido São Paulo-Paraty, é a primeira praia do Rio de janeiro (divisa São Paulo-Rio de janeiro), a estrada para chegar até lá é íngreme, mas asfaltada.

CCT TJ mapa praias trindade miniCom belíssimas praias, cachoeiras e até uma piscina natural em pleno mar, o vilarejo é destino certo dos turistas, que encontram aqui um lugar charmoso, com muito verde, mas ao mesmo tempo dotado de uma certa infraestrutura, com muitas pousadas, campings, bares e restaurantes.

O comércio local é exercido em sua maioria pelos caiçaras, nativos da região. É constituído basicamente de artesanato e restaurantes com comidas típicas.

Trindade já foi habitada por índios, piratas e portugueses.

Na década de 1970, virou abrigo e símbolo de hippies. Na mesma época, a empresa Agência de Desarollo de Latino América, multinacional com sede em Luxemburgo, invadiu a vila de pescadores com o objetivo de expulsar os moradores e criar na vila um balneário com vistas ao turismo e um condomínio de luxo. 

A empresa era na época a Brascan, hoje a Brookfield Asset Management, que também construiu o luxuoso Condomínio Laranjeiras, a 5 km da Vila de Trindade. Posteriormente a empresa Cobrasinco fez acordo com os trindadeiros e escriturou suas propriedades na área por eles escolhida e a paz voltou a reinar. 

Nos anos 80, aventureiros vinham de toda parte para acampar nas praias paradisíacas. Desde 1990, grande parte da procura por Trindade vem do turismo de sol e mar.


Entre as praias mais importantes em Trindade encontram-se a Praia do Cepilho, onde o mar é propício a prática do surfe, a Praia de Fora, Praia do Rancho, onde os turistas podem se banhar calmamente, praticar mergulho e desfrutar ainda de bares e restaurantes, a Praia do Cachadaço (ou Caixa d'Aço) e a Praia do Meio mais utilizada para o turismo.

 

   

Proposta de Ordenamento Turístico da Região Trindade-Juatinga  

Observação
As praias da Juatinga - Condomínio Laranjeiras, Sono, Antigos, Antiguinhos e Ponta Negra ainda não tem seus Números Balizadores da Visitação (NBVs) definidos. 


Conceitos Relacionados

Capacidade de Carga Turística (CCT)

camping barraca kombiCampings

 

 


logo prefeitura paraty     logo Convention horizontal TRANSP 

Projeto de Ordenamento Turístico do Poço do Inglês
Rio Pedra Branca, Paraty

Informações e fotos de 2016, necessário atualizar.
Autoria: Roberto M.F. Mourão, ALBATROZ Planejamento

 

poco ingles estimativa custos 2016 resumo


Observação
: para guarda-parque e/ou monitor ambiental foram considerados 2 profissionais, com valor anual com 12 meses + 13º salário.

 

Projeto de Ordenamento Turístico do Poço do Inglês, Rio Pedra Branca, Paraty


Outros Assuntos Paraty / PróParaty

Assuntos Correlatos


logo prefeitura paraty     logo Convention horizontal TRANSP 

Projeto de Ordenamento Turístico do Poço do Inglês
Rio Pedra Branca, Paraty

Informações e fotos de 2016, necessário atualizar.
Autoria: Roberto M.F. Mourão, ALBATROZ Planejamento

PocoIngles mapa localizacaoMapa-croqui de localização do Poço do Inglês, Rio Pedra Branca, Paraty.


Atenção

Essas fotos são de vistoria técnica realizada em 2016.
No início de 2018 fizemos uma breve visita com servidores da Secretaria de Meio Ambiente e as condições pioraram bastante, a ponto de ser necessário, em certos trechos, caminhar dentro do canal adutor.


Fotos de Visita Técnica de Inspeção, 2016
© Roberto M.F. Mourão.

poco ingles 01 estacionamento estrada pedra brancaEstacionamento ao longo da Estrada da Pedra Branca com capacidade de 5 a 6 veículos.
Necessário expandir para comportar pelo menos 10 carros ou jeeps e 1 a 2 vans.

poco ingles 02 estacionamento jeeps estradaEstacionamento de jeeps improvisado na Estrada da Pedra Branca.

poco ingles 03 acesso junto estrada placaAcesso único ao Poço do Inglês na Estrada da Pedra Branca. Notar placa rudimentar.

poco ingles 04 placa estradaPlaca de sinalização do Poço do Inglês na Estrada da Pedra Branca.

poco ingles 06 trilha canal sem bordaVista parcial da trilha de acssso ao poço, com o canal d'água que segue para a Fazenda Murycana.

poco ingles 07 trilha canalVista parcial da trilha de acssso ao poço, com o canal d'água que segue para a Fazenda Murycana.
Notar ausencia de serrapilheira ao longo da trilha e início de impacto de pisoteio.

poco ingles 07 trilha impactada com raizes expostasTrecho da trilha de acesso ao poço com alto impacto de pisoteio com raizes expostas.

poco ingles 12 raizes expostasOutro trecho da trilha com raízes expostas. 

poco ingles 09 trilha vistaTrecho da trilha de acesso em boas condições, porém com ausência de serrapilheira.

poco ingles 10 trilha passagem sob adutora aguas paratyJPGPassagem sob antiga adutora de água.

poco ingles 13 pedra degrausPassagem estreita, com degraus de pedra - necessárias melhorarias.

poco ingles 14 pedra degraus vista superiorPonte danificada com tábuas para melhorar a segurança na travessia. 

poco ingles 15 passagem sobre tabuas canalPinguela improvisada passando por cima de vazamento lateral de borda erodida do canal. 

poco ingles 17 passagem sobre tabuas detalheDetalhe da pinguela improvisada passando por cima de vazamento lateral de borda erodida do canal. 

poco ingles 19 pinguela improvisada sobre ramalTrecho de pinguela e trilha em péssimo estado de conservação.

poco ingles 20 tabuado pinguelaPassagem sobre vazamento do canal, com pinguela improvisada - trecho muito perigoso.

poco ingles 21 pinguela pedraPonte danificada com reparos em pranchas de madeira.

poco ingles 23 canal travessia Pinguela para travessia do canal, sem guarda-corpo. 

poco ingles 24 canal sem muretaTrecho da trilha de acesso ao poço com caimento lateral, propenso a erosão.

poco ingles 25 canalExcelente qualidade da água do canal adutor da Fazenda Murycana - límpida e cristalina.

poco ingles 26 eclusa enferrujadaEclusa de controle da água do canal adutor da Fazenda Murycana. Necessita reparos.

poco ingles 28 vazamento canal adutorOutro trecho com erosão e vazamento lateral do canal adutor.

poco ingles 29 vazamento canalTrecho com vazamento lateral do canal adutor, com sacos de areia para estancar o fluxo d'água. 

poco ingles 30 poco meio

poco ingles 35 grupo visitantes1Turistas no poço - sem nenhuma infraestrutura turística.
Necessário construir pelo deck de acesso ao poço, bancos e mesa para lanches.

poco ingles 36 turista pedra subindoTurista escalando a pedra para saltar no poço. É necessário que se proiba essa prática.

poco ingles 37 turista pedra pularTurista a ponto de saltar da pedra no poço. Risco de acidente com possibilidade de paralisia ou morte.

poco ingles 38 lixo esteira Esteira utilizada como mesa por grupo de turistas - lixo não recolhido após o picnic.

poco ingles 39 lixo esteira detalheEsteira utilizada como mesa por grupo de turistas, com lixo não recolhido após o uso - detalhe.

poco ingles 40 lixo placa nao joguePlaca improvisada solicitando que as pessoas recolham e descartem o lixo para local apropriado.

poco ingles 41 lixo estradaLixo retirado do poço colocado junto à entrada, na Estrada da Pedra Branca. 

poco ingles 42 canal manilha travessia estradaCanal adutor de água para a Fazenda Murycana, sob a Estrada da Pedra Branca.

Atenção
Essas fotos são de vistoria técnica realizada em 2016.
No início de 2018 fizemos uma breve visita com servidores da Secretaria de Meio Ambiente e as condições pioraram bastante, a ponto de ser necessário, em certos trechos, caminhar dentro do canal adutor.

 

 

Projeto de Ordenamento Turístico do Poço do Inglês, Rio Pedra Branca, Paraty


Outros Assuntos Paraty / PróParaty

Assuntos Correlatos