CATEGORIA PROJETOS

 

logo Parque do Mangue fundoWEB   Logo Ecobrasil ecoturismo fundoWEB

Parque do Mangue da Ilha do Itu
Corumbê, Baia de Paraty 
Coordenação: Roberto M.F. Mourão, Albatroz Planejamento - email: roberto@albatroz.eco.br 

PROPOSTA EM DESENVOLVIMENTO

Parceria Socioambiental

parque mangue corumbe baixa


O Empreendimento Condomínio Pedra Grande da Ilha do Itu está negociando com a Associação de Moradores, Agricultores e Pescadores do Corumbê (AMAPBC) parceria para o planejamanto participativo, implementação e operação ecoturística do parque que se pretende implementar.

O Parque, ainda sujeito à aprovação das autoridades administrativas e ambientais atuantes no Município de Paraty e região e da disponibilidade de recursos específicos para seu planejamento, aprovação e implementação.

A aprovação e implementação do empreendimento e do parque em seu manguezal dependem dos resultados da revisão do plano de manejo da APA Cairuçu, onde pretende-se que haja modificação da atual categoria em que a propriedade está inserida: Zona de Preservação da Vida Silvestre (ZPVS), para um mosaico em que parte da ilha tenha alteração de categoria para Zona de Expansão Residencial e Turística (ZERT). Além da definição da capacidade de suporte ambiental e turística da Ilha do Itu, serão considerados critérios de sustentabilidade na construção do condomínio, assim como a disposição dos efluentes (esgoto) produzidos na ilha.

O Condomínio e o Parque, uma vez aprovado e implantado, não será vedada o acesso às praias e costões da Comunidade de Corumbê para atividades extrativistas (pesca artesanal, coleta de ostras e mexilhões, etc.), se de acordo com às legislações vigentes.


Objetivo Geral da Parceria

O Objetivo Geral visa estabelecer, por meio da parceria, promover o desenvolvimento sustentável da região do Saco do Corumbê e da Ilha do Itu.

Objetivos Secundários

  1. Fomentar e apoiar a Associação de Pescadores do Corumbê na captação de recursos para implantação de criatórios marinhos (ostra, siri, camarão, etc.), dentro de padrões sustentáveis e legais da atividade;
  2. Fomentar e apoiar a Associação de Pescadores do Corumbê na captação de recursos para implantação e manutenção agroindústria local sustentável (palmito, hortaliças, fruticultura, etc.);
  3. Fomentar e apoiar a Associação de Pescadores do Corumbê na captação de recursos para preservação e limpeza de mananciais e nascentes, inclusive com recomposição florestal se necessária;
  4. Priorizar a contratação de mão de obra de membros da Associação de Pescadores do Corumbê para serviços de manutenção na Ilha do Itu;
  5. Priorizar a contratação de mão de obra de membros Associação de Pescadores do Corumbê para novas obras na Ilha do Itu;
  6. Priorizar a contratação de mão de obra de membros da Associação de Pescadores do Corumbê para serviços gerais (caseiros, jardineiros, barqueiros);
  7. Priorizar a contratação de mão de obra de membros da Associação de Pescadores do Corumbê para a operação do Parque do Mangue (condução de visitantes, locação de embarcações).

Esses objetivos estão condicionados à possibilidade de implementação do empreendimento Condomínio Pedra Grande da Ilha do Itu.


Gestão, Ações e Projetos - Custeio

Para custeio da gestão, ações e projetos, as partes buscarão recursos com doadores e financiadores criando um Fundo de Gestão. As partes concorrerão para o custeio da parceria na proporção que lhes couber nos trabalhos a serem implementados. Até que hajam recursos disponíveis, cada uma das partes alocará à parceria os custos em que respectivamente incorrerem para a prestação dos serviços que lhes competir prover.

 

Gestão Compartilhada

Para estabelecer as ações e diretrizes básicas do projeto serão utilizados, inicialmente, a Equipe Técnica do Condomínio Pedra Grande da Ilha do Itu.

Uma vez elaboradas as diretrizes iniciais, serão realizadas reuniões entre as organizações parceiras para definir ações, diretrizes e estratégias para captação de recursos e implementação de projetos. Na medida que forem definidas ações e diretrizes, identificados projetos, serão formadas equipes para implementação.

 

parque mangue praia corumbePraia do Corumbê, Paraty © vilacorumbe.com

 

Parque do Mangue da Ilha do Itu, Paraty

Ilha do Itu


Links Relacionados
 (para saber mais)

Links Internos

Links Externos 

 

 

 

Plano Diretor de Turismo da Ilha Grande 1997

Execução
Tangará Serviços em Meio Ambiente e Turismo

Equipe

  • Silvana Campelo, coordenadora
  • George Georgiadis, consultor
  • Roberto M.F. Mourão, consultor

 

Prognósticos Ambientais e Econômicos

ilha grande 1997 prognosticos ambientais

ilha grande 1997 prognosticos economicos

 

 

Plano Diretor de Turismo da Ilha Grande 1997

Assuntos Relacionados

 

Plano Diretor de Turismo da Ilha Grande 1997

Execução: Tangará Serviços em Meio Ambiente e Turismo

Equipe

  • Silvana Campelo, coordenadora
  • George Georgiadis, consultor
  • Roberto M.F. Mourão, consultor

 

Perfil do Turismo


Padrões de Desenvolvimento Turístico
(terminologia extraida das entrevistas com a população da Ilha Grande)

"Bacanas"

  • Veranistas com barco próprio ou alugado
  • Convidados de veranistas
  • Brasileiros com alto poder aquisitivo
  • Turistas estrangeiros

 "Duristas"

  • Campistas (“hippies”)
  • Pessoas de baixo poder aquisitivo
  • Mochileiros (gringos e brasileiros)

"Pacotão" (Turista “empacotado”)

  • Turistas que viajam em grandes grupos
  • Grupos formados por agentes de viagem (pacotes turísticos)
  • Pessoas de médio poder aquisitivo

 

"BACANAS" - "DURISTAS" - "PACOTÃO"

Ilha Grande 1997 padroes desenvolvimento turismo

"BACANAS"

ilha grande 1977 bacanas

"DURISMO"

ilha grande 1977 tipo duristas

"PACOTÃO"

ilha grande 1977 tipo pacotao

ilha grande 1997 confronto socio economia bacanas durismo pacotao

SAZONALIDADE - ALTA / BAIXA TEMPORADAS 

ilha grande 1977 fluxo turismo ilha grande

ilha grande 1977 fluxo internacional curva tipica

ilha grande 1977 fluxo turismo nacional internacional

PESQUISA DO PERFIL DO VISITANTE

ilha grande 1977 procedencia barca abraao

ilha grande 1977 procedencia abraao barca enseadas

ilha grande 1977 procedencia visitante

ilha grande 1977 procedencia pousadas enseada

ilha grande 1977 tipo transporte continente

ilha grande 1977 fatores indutores

ilha grande 1977 praticas atividades lazer

ilha grande 1977 perfil veiculos influencia

ilha grande 1997 viagem organizada agencia

ilha grande 1997 perfil media pousadas abraao enseadas

ilha grande 1997 tamanho grupo

ilha grande 1997 faixa renda

ilha grande 1997 retorno

ilha grande 1997 interesses futuros

 

 

Plano Diretor de Turismo da Ilha Grande 1997

Assuntos Relacionados

 


 

 

 

 

 


ILHA GRANDE panoramica

 

Plano Diretor de Turismo da Ilha Grande 1997

Execução
Tangará Serviços em Meio Ambiente e Turismo

Equipe

  • Silvana Campelo, coordenadora
  • George Georgiadis, consultor
  • Roberto M.F. Mourão, consultor

 

Caracterização do Turismo na Ilha

Alto Potencial Turístico

  • Combinação “Mar & Floresta”
  • Exuberante fauna e flora tropical
  • Praias “selvagens” com areia branca e fina
  • Águas mornas e propícias ao banho, natação e mergulho
  • Montanhas imponentes (“skyline” característico)
  • Contexto cultural significativo (“caiçara”)
  • Contexto histórico nacional

Alto Potencial Eecoturístico Internacional

  • Proximidade do Rio de Janeiro e de São Paulo
  • Mata Atlântica considerada prioridade ecológica mundial
  • Diversidade de ambientes (restingas, mangues, costões, etc)
  • Existência de parques e reservas de relevância global Existência de atrativos naturais (grutas, picos panorâmicos)
  • Existência de 110 kms de trilhas pela mata
  • Presença de vilas “caiçaras”
  • Existência de atrativos históricos


Destinos Concorrentes Ilha Grande x Outras Ilhas

  • Brasil: Noronha, Ilhabela, Itaparica, Itamaracá
  • Caribe: Aruba, Cozumel, Jamaica, Virgens, Bahamas, Grand Cayman
  • Pacífico: Tahití, Withsundae
  • Índico: Seychelles, Zanzibar


Desvantagens Comparativas

  • Chove muito (“rain”forest)
  • Frequente turbidez natural da água
  • Temperaturas “baixas” - maio a outubro
  • Baixa diversidade de fauna / flora aquática
  • Infraestrutura de apoio inexistente
  • Parques e reservas não implantadas


Vantagens Comparativas

  • Mata exuberante todo o ano
  • Montanhas cobertas de Mata Atlântica
  • Agua fresca abundante (cachoeiras, rios)
  • Existência de vilas “caiçaras” tradicionais
  • Cultura típica (canoas, casas coloniais, etc.)
  • “Sensação” de isolamento (sem carros, pontes, aeroportos)

 
Detalhamento dos Problemas

Por que a Ilha Grande não desenvolve seu alto potencial para o Ecoturismo internacional?

  • O turismo se estabeleceu na Ilha de forma desordenada e predatória
  • Muitos habitantes da Ilha se engajaram no turismo sem preparo, vocação ou conscientização prévias
  • Apesar de conter atrativos naturais em abundância, a Ilha carece de produtos de ecoturismo de qualidade
  • Há um atrito entre a população e as unidades de conservação, em especial o Parque Estadual e a Reserva Biológica
  • A infraestrutura de recepção e distribuição é inadequada para receber visitantes e distribuí-los pelas áreas onde poderia ocorrer o ecoturismo
  • Empreendedores da Ilha carecem de know-how e financiamentos necessários para implantar e operar empreendimentos e roteiros turísticos de alto padrão
  • Investidores interessados em ecoturismo sustentável evitam a Ilha Grande devido aos riscos associados a investimentos de longa amortização

 

 

Plano Diretor de Turismo da Ilha Grande 1997

 

Assuntos Relacionados

 

 

logo Mar de CulturaChias


Plano de Desenvolvimento do Turismo Cultural de Paraty

Fase III: O Plano Operacional de Desenvolvimento

 

Macro-programa 7 - Marketing nos Mercados

  • P14. Programa de Identidade Turística
  • P15. Programa de Promoção nos Mercados
  • P15. S1 Promoção para a Imprensa
  • P15. S2 Promoção para o Trade
  • P15. S3 Promoção aos Turistas
  • P16. Programa de Gestão da Informação de Mercado

 

P14. Programa de Identidade Turística

mar cultura III P14 106 identidade

mar cultura III P14 112 identidade

mar cultura III P14 118 identidade


P15. Programa de Promoção nos Mercados

PS1. Promoção para a Imprensa

mar cultura III P15 124 promocao imprensa

S2. Promoção para o Trade Turístico

mar cultura III P15 129 promocao trade

S3. Promoção aos Turistas

mar cultura III P15 136 promocao turistas

P16. Programa de Gestão da Informação de Mercado

mar cultura III P16 139 info mercado

 

 

Mar de Cultura
Plano de Desenvolvimento do Turismo Cultural de Paraty